Skip to main content
Easy Tax

O “Easy Tax” nasce de uma parceria entre a EY e o Jornal Económico, que pretende abordar, de uma forma simples e intuitiva, os temas fiscais mais relevantes da atualidade nacional e internacional. Pretende-se que o leitor aceda a conteúdos técnicos de uma forma rápida e que também possa ler a opinião de especialistas sobre temáticas atuais e relevantes.

Sabemos ainda que ao falar de impostos, todos querem antecipar, na medida do possível, qual o valor que será devido e por isso trazemos igualmente para esta plataforma vários simuladores de cálculos de impostos que podem ajudar os leitores do Jornal Económico nesse exercício.

Com esta parceria, a EY incorpora o seu propósito global de construir um melhor mundo de negócios (que resulta do lema internacional: “Building a better working world”).

Últimas Notícias
O sucesso das medidas do combate à evasão fiscal baseadas nos mecanismos de troca de informações
Na última década assistiu-se a uma crescente preocupação em combater a fraude e a evasão fiscal consubstanciando-se na proliferação de iniciativas concretas baseadas em mecanismos de troca de informação entre autoridades tributárias a uma escala global.
Novas realidades no processamento de faturas e arquivo – Dúvidas, desafios e benefícios
O Decreto-Lei n.º 28/2019, de 15 de fevereiro (“DL 28/2019”), procedeu à regulamentação das obrigações relativas ao processamento de faturas e outros documentos fiscalmente relevantes e das obrigações de conservação de livros, registos e respetivos documentos de suporte, que recaem sobre os sujeitos passivos do Imposto sobre o Valor Acrescentado (IVA).
Ser Português… tornou-se mais fácil!
A Lei da Nacionalidade Portuguesa voltou a sofrer alterações em 2018, com a entrada em vigor da Lei Orgânica n.º 2/2018 de 5 de julho, a qual alarga o acesso à nacionalidade originária e à naturalização às pessoas em território português.
Pagamentos por conta e o setor imobiliário
As entidades que exercem, a título principal, atividade de natureza comercial, industrial ou agrícola, bem como as não residentes com estabelecimento estável em Portugal, têm de proceder ao pagamento do Imposto sobre o Rendimento das Pessoas Coletivas (“IRC”).
Impostos, Orçamento do Estado e EY Academy
Setores
PALOP-TL
Disclaimer

Na preparação deste Guia, foram feitos todos os esforços para poder oferecer informação correta, clara e atual. Todavia, a informação contida neste texto pretende apenas providenciar informação de orientação geral. A publicação é distribuída pela EY, a qual não é responsável pelo resultado de quaisquer atos ou ações decididas ou tomadas unicamente com base na informação desta publicação.

A EY não pretende através desta publicação dar conselhos de natureza legal, fiscal, financeira ou contabilística. Os leitores são encorajados a consultar profissionais no intuito de obter aconselhamento antes de tomar qualquer decisão.

A informação desta publicação deve ser usada como uma ferramenta de pesquisa apenas, e não no lugar da pesquisa a cargo de consultores fiscais com respeito a assuntos dos seus clientes.